Decor “do passado”

Oi gente,

Seja por causa do tamanho dos imóveis atualmente, seja por uma “evolução” no aproveitamento dos espaços, verdade é que 10 entre 10 apartamentos decorados no Brasil apresentam móveis sob medida, não é mesmo?

Nessas horas, eu me pergunto se, assim como a moda que vaiii e volta, a decor também vai ter seu momento de retorno ao passado com aqueles móveis soltos e espalhados pela casa…

Então, para explorar um pouco mais essa ideia, compartilho aqui algumas liiiindas inspirações de “decor do passado”:

decor-15

decor-10 decor-9 decor-12decor-7 decor-6 decor-13decor-5 decor-1 decor-2 decor-11decor-3 decor-4E aí, alguém gosta?

Beijos!

Cimento queimado na decor!

Olá!!!

Agora que sabemos TUDO sobre cimento queimado (confira o post com todas as dicas AQUI), vamos ver algumas lindas inspirações da sua aplicação na decor já que estou convicta de que terei algum cantinho com esse revestimento no #futuroejáamadoapê:

Cimento Queimado na sala:

piso_cimento_queimado_m2

piso_cimento_queimado_9

parede_cimento_queimado_7

parede_cimento_queimado_4

parede_cimento_queimado_9

Cimento Queimado na cozinha:

piso_cimento_queimado_m1

cimento_queimado_4

cimento_queimado_3

parede_cimento_queimado_10

Cimento Queimado no banheiro:

parede_cimento_queimado_11

cimento_queimado_m3

cimento_queimado_m2

cimento_queimado_m1

Lindo né?! Alguém tem algum cantinho da casa com revestimento em cimento queimado? Dicas??? 😉

Beijos!

Imagens: Pinterest

Saiba TUDO sobre cimento queimado!

Oi pessoal!

Está cada vez mais comum encontrar decorações com uma pitada de cimento queimado, não é mesmo? 

Para quem não sabe, o cimento queimado é um tipo de revestimento (feito a partir de uma argamassa feita na obra com a mistura de cimento, areia e água), devendo ser aplicado sobre o contrapiso ou sobre um lastro de concreto áspero. Para não ficar igual ao revestimento das calçadas deve ser feito o ato de “queimar” o cimento:

Processo de jogar pó de cimento sobre o piso de argamassa de cimento e areia ainda mole e úmida; então, a superfície deve ser desempenada com uma desempenadeira de aço, espalhando o pó de cimento sobre a argamassa e deixando o conjunto bem liso. Após a secagem está pronto o cimento queimado, com um aspecto bem liso e nivelado. (Dica dos arquitetos e sócios do escritório Forte Gimenes Marcondes Ferraz).

877bb4e9f5d85482f4bf595b8cae6e43

Eu a-do-ro o efeito despojado que o cimento queimado dá ao ambiente, mas quando “assuntei” sobre isso com o outro morador do #futuroejáamadoapê a resposta que tive foi: “Neeeeem pensar, fica com cara de chão de fábrica”.

Ufff… ok, tenho 1 ano para convencê-lo do contrário!!! =P

cimento_queimado_1

Pontos positivos:

  • fácil de limpar e simples de manter;
  • ótimo custo x benefício;
  • quando bem aplicado, este tipo de piso é extremamente durável;
  • por possuir grande resistência à abrasão, é muito difícil que este material quebre.

Pontos negativos:

  • é liso demais, então não é recomendável usá-lo em pisos de banheiro ou em outro lugar que entre em contato com a água;
  • pode apresentar bolhas, trincas e manchas se não for bem colocado.

piso_cimento_queimado_9

Mas como para (quase) tudo nessa vida há uma solução – nesse caso, uma evolução – a do cimento queimado chama-se TECNOCIMENTO.

Isso porque o TECNOCIMENTO:

  • pode ser aplicado sobre a maioria dos revestimentos pré existentes, sem necessidade de remoção dos mesmos;
  • não necessita juntas já que o produto não contrai e não dilata por si só;
  • não trinca se aplicado sobre uma superfície bastante firme, resistente e bem aderida.

Show, né?!

Em seguida, publicarei um post com ainda mais inspirações com cimento queimado na decor! 🙂

Beijos!

Imagens: Pinterest

Sala e cozinha integradas pelo mesmo piso

Oi gente,

Dar amplitude à sala e à cozinha é o desejo da maioria das pessoas que residem em apartamentos médios e pequenos. E para ajudar nessa missão, uma ótima dica é instalar o mesmo piso nos ambientes, integrando-os visualmente e ampliando a sensação do tamanho dos espaços.

Estou pensando em instalar piso de “madeira” (vinílico ou laminado) tanto na sala, quanto na cozinha (e quartos) do #futuroejáamadoapê e separei algumas lindas inspirações, vejam só:

piso_integrado_17

piso_integrado_20

piso_integrado_18

piso_integrado_16

piso_integrado_14

piso_integrado_1

piso_integrado_9

piso_integrado_11

piso_integrado_13

piso_integrado_2

piso_integrado_5

piso_integrado_15

Alguém aí tem piso vinílico ou laminado nesses dois ambientes? Gostam? Alguma sugestão ou recomendação?

Beijos!

Imagens: Pinterest

Dica de Arquiteto | Arq. Fabio Motta

dica_de_arquiteto

APARTAMENTO SOLTEIRO – Reforma em antigo apartamento une funcionalidade, estilo e economia ao morador.

Como em toda reforma, o principal objetivo (e desafio) do arquiteto é aliar a estética com o orçamento limitado. E nesse caso não foi diferente. O apartamento de quase 30 anos nunca havia sido modificado e os seus 60m² exigiam uma mudança geral, desde a pintura nas esquadrias até a viga metálica instalada na cozinha para retirada de parede portante.

Arq Fabio Motta_ACDG 01

O detalhe do ladrilho hidráulico no piso (retirados de uma antiga casa demolida e restaurados) serve como um tapete de boas-vindas dando um charme para o hall. O móvel atrás da mesa de jantar também foi reaproveitado e modificado além de receber acabamento em laca branca fosca para dar um toque contemporâneo ao ambiente.

Retiramos a porta convencional que dava acesso para a cozinha e abrimos um vão maior no qual utilizamos uma porta de correr com o lado interno de pintura em laca branca e o lado que integra com a sala com espelho e um puxador embutido de acabamento cromado.

Arq Fabio Motta_ACDG 02

Na área da cozinha colocamos tampo de granito preto São Gabriel e os armários em melamina branca com puxador de alumínio a metro. Foi optado pelo uso de prateleiras em melamina preta no lugar do armário aéreo e o friso com pastilhas em miscelânea deu um toque diferente ao ambiente, que contrastou dos demais materiais.

Arq Fabio Motta_ACDG 03

O morador, um jovem advogado, solteiro e com 28 anos, idealizava por uma sala confortável e de estilo contemporâneo. Para isso, optamos pelo piso de porcelanato, um sofá chaise na cor grafite e a luminária vermelha pontuando a futura mesa lateral.

Para solucionar o grande volume de tijolo a vista no meio da sala (que divide estar e churrasqueira) o mesmo foi rebocado, pintado e nele instalado um painel de marcenaria que remete a madeira de demolição. Também foi criado um nicho para guardar a lenha da lareira.

Neste painel foi colocada a televisão fixada por suporte e prateleiras no acabamento em laca branca para colocar os equipamentos e outros elementos decorativos.

Arq Fabio Motta_ACDG 04

No banheiro trocamos os revestimentos, de piso e parede, e utilizamos um detalhe com pastilhas na parede do móvel e dentro do box. Querendo deixar o banheiro mais amplo e claro, optamos pelos tons neutros e brancos, diferente do antigo banheiro de louça e revestimentos escuros. E para seguir na linha econômica, solicitada pelo cliente, abrimos mão do tampo em granito e usamos uma pia suspensa na parede.

Arq Fabio Motta_ACDG 05

Espero, através deste meu trabalho, mostrar que é possível se transformar um apartamento antigo em um apartamento moderno através de soluções práticas e com um orçamento limitado.

Por Arq. Fábio Motta

Contatos: fabiolvmotta@gmail.com – (51) 9959.0718.